Buscar
  • SBEE

DOSSIÊ SOBRE AGROECOLOGIA, SAÚDE COLETIVA E AMBIENTE EM TEMPO DE PANDEMIA DA COVID-19

NOVA DATA: CHAMADA DE ARTIGOS E OUTRAS PRODUÇÕES TEXTUAIS PARA PUBLICAÇÃO DE DOSSIÊ SOBRE AGROECOLOGIA, SAÚDE COLETIVA E AMBIENTE EM TEMPO DE PANDEMIA DA COVID-19


A Associação Brasileira de Agroecologia (ABA-Agroecologia), a Sociedade Brasileira de Etnobiologia e Etnoecologia (SBEE), a Associação Brasileira de Saúde Coletiva (ABRASCO) e a Fundação Osvaldo Cruz (FIOCRUZ), com o objetivo de divulgação e disseminação de conhecimentos científicos e acadêmicos, torna público o presente edital para chamada de manuscritos sobre “Agroecologia, Saúde Coletiva e Ambiente em tempo de Pandemia da Covid-19” a ser publicado na Revista Brasileira de Agroecologia (RBA).

Esta chamada possui a parceria internacional da Sociedade Latino Americana de Agroecologia (SOCLA), Sociedade Latino Americana de Etnobiologia (SOLAE) e da Sociedade Argentina de Agroecologia (SAAE).

DO OBJETO

A presente chamada tem como objetivo mobilizar contribuições em forma de artigos de pesquisa, ensaios teóricos, revisões, notas críticas e resenhas de livro em torno do dossiê intitulado “Agroecologia, Saúde Coletiva e Ambiente em tempo de pandemia da Covid-19”. A ideia central é trazer luz, a partir de diferentes abordagens e experiências interdisciplinares, acerca dos impactos da pandemia sobre os mais diversificados grupos sociais brasileiros e latino-americanos, sobretudo povos e comunidades tradicionais (Decreto 6040/2007), povos indígenas, camponesas e camponeses, pescadoras e pescadores artesanais, quilombolas, agricultoras e agricultores familiares, entre outros, e seus territórios. São encorajados escritos que busquem abordar propostas concretas e praticas de como a pandemia vem dinamizando as múltiplas estratégias de sobrevivência e proteção à saúde individual e coletiva desses grupos sociais. Discussões em torno dos impactos da pandemia sobre os assentamentos rurais, unidades de conservação da natureza, territórios quilombolas, terras indígenas, grupos de mulheres e demais territórios de uso comum e seus sistemas integrados de produção, bem como os diferentes mecanismos de mitigação empreendidos pelos Estados brasileiro e latino-americanos e outras Instituições, serão de grande interesse.

Manuscritos sobre os diferentes ensinamentos deixados nesta situação de pandemia e de que maneira a Agreocologia e a Saúde Coletiva podem colaborar para um mundo pós coronavírus. De forma que, tais reflexões, evidenciem as vulnerabilidades deste sistema alimentar industrial "moderno" e hegemônico que destrói e/ou suprime habitats expondo fauna e flora a uma situação limite. Do mesmo modo, espera-se também deste Dossiê uma contribuição crítica e contundente à ciência clássica, uma vez que esta apresenta uma limitação real de prever e, sobretudo, conduzir as incertezas deste modelo e assim refazer um plano de enfrentamento às crises. Nesta linha, evidenciar a importância da construção do conhecimento pautado em uma ciência cidadã que considere o papel dos sujeitos e das sujeitas nos seus territórios, bem como que reconheça a natureza também como sujeita de direitos.

Experiências oriundas dos mais diferentes campos do conhecimento (Ciências Ambientais, Ciências Agrárias, Ciências Sociais e Humanas, Ciências Biológicas e da Saúde, e demais campos) que vislumbrem o diálogo entre a Saúde Coletiva, Ambiente e Agroecologia em conexão com a pandemia serão estimuladas e muito bem-vindas.

DA ELABORAÇÃO DOS ARTIGOS E DEMAIS PRODUÇÕES TEXTUAIS

Os textos deverão ser confeccionados de acordo com o Escopo da Revista Brasileira de Agroecologia em consonância com as Diretrizes para os Autores/as disposto em http://revistas.aba-agroecologia.org.br/index.php/rbagroecologia/about/submissions.

Os textos não poderão ultrapassar 20 páginas em espaço 1,5, formato Arial ou Time new roman.

Lembramos que estudos/pesquisas que envolvam pessoas, acesso à biodiversidade e conhecimento associado deve estar em sua respectiva conformidade legal (comitê de ética, plataforma Brasil, Sisgen, etc.)

DO PROCESSO EDITORIAL PARA PUBLICAÇÃO

O processo editorial será realizado em cinco etapas, quais sejam:

I – Submissão dos artigos na Revista Brasileira de Agroecologia (http://revistas.aba-agroecologia.org.br/index.php/rbagroecologia) e pré-avaliação de balcão para conferir aderência ao presente edital;

II – Avaliação da contribuição por pareceristas, em sistema Duplo Cego com interveniência de editores de seção designados para este edital;

III - Devolução aos autores dos pareceres em duplo cego;

IV – Adequação do manuscrito pelos autores a partir das sugestões dos pareceristas, acrescidas ou não do parecer do editor de seção;

V – Envio da versão final do artigo, com revisão de português e/ou espanhol e/ou inglês, conforme o caso.

DA SUBMISSÃO DOS ARTIGOS E DEMAIS PRODUÇÕES TEXTUAIS

A submissão será realizada exclusivamente pelo Site da Revista Brasileira de Agroecologia (http://revistas.aba-agroecologia.org.br/index.php/rbagroecologia/about/submissions).

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.

  1. A contribuição é original e inédita, e não está sendo avaliada para publicação por outra revista;

  2. Os arquivos para submissão estão em formato Microsoft Word (.doc), Rich Text Format (.RTF) ou OpenOffice.org 1.0 Text Document (.sxw ou .odt);

  3. Todos os endereços "URL" no texto estão ativos;

  4. As submissões estão de acordo com todas as regras estabelecidas nas Diretrizes aos autores na RBA.

DA AVALIAÇÃO DOS MANUSCRITOS

Os manuscritos submetidos para publicação, desde que tratem da temática relacionada a esta Chamada, e estejam de acordo com as normas para publicação da RBA, serão submetidos a dois consultores ad hoc para avaliação as cegas. Tendo pareceres favoráveis, os manuscritos poderão ser (a) aceitos sem adequações ou (b) serem solicitados ajustes/melhorias aos autores, conforme entendimento dos revisores, modificações em maior ou menor grau para melhor adequação à política editorial da revista e adequação ao Objeto da Chamada para o Dossiê. Pequenas alterações ortográficas no texto poderão ser feitas a critério da comissão Editorial da revista, sem consulta aos autores.

DO CRONOGRAMA

Lançamento desta chamada: 30/04/2020

Recebimento de manuscritos: Até 05/08/2020

Avaliação dos Artigos: Até 05/09/2020

Lançamento previsto do DOSSIÊ: a partir de 05/10/2020

DAS DISPOSIÇÕES FINAIS

A submissão não prevê a cobrança de taxas de nenhuma espécie.

A participação neste processo seletivo implica a completa ciência e aceitação tácita dos termos e condições estabelecidos nesta Chamada, sobre os quais o candidato não pode interpor recurso ou alegar desconhecimento;

Os autores dos artigos selecionados cedem, desde já, a utilização do artigo, nome d@s autor@s e das imagens relativas à produção e divulgação para fins de promoção institucional da Chamada em questão.

As dúvidas poderão ser solucionadas pelo e-mail: dossieagroecologiasaude@gmail.com

Os autores são responsáveis pela veracidade, ideias, discussões e imagens apresentadas no manuscrito de sua autoria, sobre pena de Lei;

Os autores dos manuscritos selecionados submeter-se-ão às normas e condições de publicação da Revista adotadas de acordo com esta Chamada.

Os casos omissos serão decididos pelo Comitê Editorial deste Dossiê e Equipe Editorial da RBA.

Fica estabelecido como Comitê Editorial deste Dossiê:

  • Fernando Ferreira Carneiro (Fiocruz, ABRASCO)

  • Flaviane Carvalho Canavesi (UnB, ABA-Agroecologia)

  • Flávio Bezerra Barros (UFPA, SBEE)

  • Guilherme Franco Netto (Fiocruz, ABRASCO)

  • Romier da Paixão Sousa (IFPA, ABA-Agroecologia)

  • Rumi Regina Kubo (UFRGS, SBEE)

Rio de Janeiro, 04 de maio de 2020

Associação Brasileira de Agroecologia (ABA-Agroecologia)

Associação Brasileira de Saúde Coletiva (ABRASCO)

Sociedade Brasileira de Etnobiologia e Etnoecologia (SBEE)

 Sociedade Argentina de Agroecologia (SAAE)

Sociedade Latino Americana de Agroecologia (SOCLA)

Sociedade Latino Americana de Etnobiologia (SOLAE)

Fundação Osvaldo Cruz (FIOCRUZ)


0 visualização

Sociedade Brasileira de Etnobiologia e Etnoecologia 2020